O Significado de 7 nomes de marcas de carros.

No mundo, existem uma infinidade de marcas: Aquelas que se destacam no mercado por serem multinacionais, as que são pouco conhecidas, as que estão em fase de crescimento, as que estão nascendo... enfim, são inúmeras possibilidades de escolha de marcas. Todas representadas por nomes que, na maioria das vezes, sequer passa pelas nossas cabeças o que realmente significam.

Algumas tem até significados óbvios, outras, nem tanto. Os símbolos, escudos e logotipos são um capítulo à parte, que também trazem diversos  significados. 

Veja abaixo o significado do nome de 7 marcas automotiva, escolhida aleatoriamente:

  • As siglas da marca FIAT  significa "Fabbrica Italiana Automobili Torino" que traduzido para o português é "Fábrica Italiana Automobilística de Turim". O mais curioso que as iniciais também tem o significado de "FAÇA-SE" em latim. O símbolo já não tem tanta ligação ao nome, apenas o símbolo atual que relembra os primeiros modelos fabricados pela montadora.

  • VOLKSWAGEN já tem um significado mais simples: Carro do Povo sendo VOLKS = Povo e WAGEN = Carro no idioma alemão. O seu símbolo, que antes era apenas as letras V e W dentro de um circulo,  representava um sindicato que existia dentro da própria fabrica, cujo o nome era conhecido como DAF (Deutsch Arbeitsfront). Este símbolo passou por outras transformações até chegar a forma tridimensional que temos nos dias de hoje.

  • A LAMBORGHINI, cujo o nome é o sobrenome do seu fundador "Ferruccio Lamborghini" e tem como símbolo um touro. Ferruccio Lamborghini, que era do signo de touro era fanático pelas touradas e adorava os animais, daí a razão de quase todos os carros da Lamborghini terem nomes de touros (e seu logotipo ter um touro estilizado). Nada melhor do que empregar a sua marca sua obsessão que até hoje, os seu carros levam nomes de touros famosos.

  • A FERRARI - O famoso símbolo é um cavalo negro empinado num fundo amarelo, sempre com as letras S F de Scuderia Ferrari. O cavalo era originalmente o símbolo do Conde Francesco Baracca, um lendário "asso" (ás) da força aérea italiana durante a Primeira Guerra Mundial, que o pintou na lateral de seus aviões. O símbolo foi adotado em 1923. Um pedido em especial feito ao fundador da marca, o Sr. Enzo Ferrari, pela mãe do piloto de caça italiano, Francesco Barraca, morto na segunda guerra mundial.

  • A BMW, siglas da "FABRICA DE MOTORES DA BAVIERA" ou em alemão "Bayerische Motoren Werke". Foi fundada por Karl Rapp e Gustav Otto com o intuito de produzir motores para aviões, mas após a Primeira Guerra Mundial, devido ao Tratado de Versailles, foi proibida de construí-los. Por esse motivo chegou a produzir motocicletas, e mais tarde dedicou-se à fabricação de automóveis. Até há pouco tempo a própria BMW dizia que o seu símbolo representava uma hélice de avião a girar juntamente com o símbolo da Baviera, mas em descobertas recentes, a BMW alterou a sua versão sendo o azul/branco proveniente de uma antiga bandeira da Baviera.

  • A MASERATI, fundada em 1919 pelos irmão Alfieri Maserati, Bindo Maserati, Carlo Maserati, Ettore Maserati e Ernesto Maserati, traz em seu logotipo o Tridente de Netunoque identifica os carros Maserati até hoje, foi inspirado na estátua de Netuno de Giambologna, localizada numa das praças mais importantes de Bologna, que também é o símbolo da cidade.


  • A MERCEDES-BENZ,  Criada em 1871, a Benz & Cia foi a maior empresa criada pelo alemão Karl Benz. A Daimler foi fundada por Gottlieb Daimler e pelo seu parceiro Wilhelm Maybach em 1890. Traz em seu símbolo, uma estrela de três pontas. O símbolo da estrela de três pontas foi desenhada por Gottlieb Daimler, em que cada ponta representava o ar, a terra e o mar mostrando que os motores desenhados adaptavam-se a estes três meios. Gottlieb enviou cartão postal para sua mulher, dizendo que a estrela impressa no cartão iria brilhar sobre sua obra, dando a origem desse símbolo. O círculo à volta da estrela viria a ser desenhada por Karl Benz juntando na parte inferior o seu nome. Até 1937, este símbolo não era usado. - Em 1899, a DMG (Daimler Motoren Gesellschaft) construiu um novo automóvel. O nome do automóvel viria a ser o nome da filha de Emil Jellinek: Mercédès Jellinek. Jellinek prometeu comprar 36 automóveis da DMG se Daimler nomeasse o próximo motor como "Mercedes 35hp" e se Daimler o tornasse o agente oficial para vendas dos automóveis na França, Áustria-Hungria, Bélgica e Estados Unidos. Sendo assim, Jellinek comprou os 36 carros e gastou 500.000 marcos. A mudança do nome ajudou a evitar problemas legais porque depois da morte de Daimler em 1929, a DMG decidiu vender o nome registado "Daimler" ficando o nome Mercedes salvaguardado.


É meus amigos, mais uma curiosidade esclarecida! 
Se você não sabia, agora já sabe.

Via / Wikipédia


Um comentário: